Iraque: polícia encontra 11 corpos algemados e vendados

A polícia iraquiana encontrou nesta terça-feira os corpos de 11 jovens algemados e vendados num caminhão em Bagdá. Outros cinco foram achados perto de uma estação de tratamento de água. Todos, aparentemente, vítimas da violência religiosa. Os 11 corpos foram descobertos no bairro Ghazaliya, na volátil região ocidental de Bagdá. Todos foram executados com tiros na cabeça, assim como os cinco descobertos perto da estação do bairro de Rustamiya.Também nesta terça-feira, autoridades continuavam em busca da jornalista americana Jill Carroll, do jornal Christian Science Monitor, seqüestrada em Bagdá em 7 de janeiro.Carroll, de 28 anos, apareceu chorando e com um véu na cabeça num vídeo divulgado segunda-feira pela rede árabe Al-Jazira. Seus captores exigem, para soltá-la, a libertação de todas mulheres iraquianas presas. Oficiais dos EUA descartam atender a exigência.Em Muqdadiya, 95 km ao norte de Bagdá, a mulher e dois filhos de um clérigo sunita foram mortos a tiros, numa aparente vingança religiosa. O clérigo Qassim Daham al-Hamdani não estava em casa na hora do ataque, que aconteceu segunda-feira à noite.A violência religiosa tem complicado esforços dos EUA para que partidos políticos xiitas, sunitas e curdos formem um novo governo depois das eleições parlamentares de 15 de dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.