Iraque prepara-se para guerra com distribuição de comida

Com cerca de 200.000 soldados norte-americanos e britânicos preparando-se em torno de seu território, o governo de Saddam Hussein prepara o espírito do povo para uma eventual guerra com a distribuição de mais comida para as famílias e conclamando os cidadãos a ajudarem a "derrotar os malignos agressores".Saddam, seus principais assessores e os comandantes militares discutiram hoje "os preparativos das corajosas forças armadas do povo iraquiano para enfrentar as ameaças norte-americanas de agressão", informou a Agência de Notícias Iraquiana."Eles também discutiram formas de aliar a capacidade e a firmeza dos iraquianos para dar a todos eles a chance de ter a honra de defender o Iraque e derrotar seus malignos agressores", dizia o boletim.Cerca de 150.000 soldados norte-americanos e 40.000 britânicos estão espalhados pela região, a maioria no Kuwait, logo ao sul da fronteira com o Iraque, em porta-aviões ou em bases aéreas próximas.Pelo sexto mês consecutivo, os iraquianos puderam ter acesso ao dobro da quantidade mensal de comida, parte da ampliação do sistema para suprir as necessidades dos iraquianos no caso de uma longa guerra.O Iraque distribui comida a seus cidadãos desde 1990, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) impôs sanções contra este país rico em petróleo pela invasão do Kuwait. Numa mercearia de Bagdá, mulheres vestidas em chadores negros compravam leite em pó, óleo de cozinha e outros itens básicos por preços abaixo do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.