Iraque quer colaborar com a ONU, diz funcionário do governo

O governo iraquiano está pronto para mostrar aos inspetores de armas da ONU boa vontade em cooperar e começar a negociar quando eles voltarem para Bagdá no próximo final de semana, afirmou hoje um funcionário iraquiano. O chefe dos inspetores, Hans Blix, e o diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed ElBaradei, devem voltar no próximo sábado a Bagdá para dois dias de conversações antes de entregar um importante relatório para o Conselho de Segurança da ONU, no dia 14 de fevereiro."Foi nossa sugestão mostrar nossa boa vontade para cooperar e começar a negociar em Bagdá", disse o major-general Hossam Mohammed Amin, chefe dos funcionários iraquianos encarregados de intermediar os contatos entre as autoridades do Iraque e a ONU. Ele disse que o Iraque estava cooperando com os inspetores desde que eles voltaram para o país em novembro - apesar das alegações dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha, que afirmam o contrário.

Agencia Estado,

02 de fevereiro de 2003 | 16h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.