Iraque: Rumsfeld quer mais esforços contra a corrupção

A corrupção contínua no Iraque poderá minar os esforços para a criação de uma democracia no país. A avaliação é do Secretário de Defesa dos EUA, Donald H. Rumsfeld, para quem a estabilização dependerá do comprometimento dos próprios iraquianos."É verdade que a violência, a corrupção e a criminalidade continuam impondo grandes desafios no Iraque e são corrosivos para a democracia", disse Rumsfeld à membros do Comitê de Serviços Armados do senado americano. "É extremamente importante que esses desafios sejam atacados e que a nova liderança do país seja julgada de acordo com seu comprometimento com o fim da corrupção", acrescentou.Rumsfeld não deu exemplos específicos, mas há relatórios recentes que apontam que parte dos lucros com a reconstrução da indústria petrolífera iraquiana foram desviados para o financiamento de grupos insurgentes.O secretário disse ainda que a "prevenção contra a corrupção está crescendo", pois a coalizão está concentrando esforços para investigar os problemas no governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.