Iraque suspende negócios com empresa australiana

O Escritório Iraquiano de Cereais suspendeu seus negócios com a empresa australiana AWB Ltd até que termine uma investigação sobre os subornos que esta supostamente teria pagado ao regime de Saddam Hussein, anunciou hoje a maior exportadora de trigo da Austrália.O presidente executivo de AWB, Brendan Stewart, declarou em comunicado que a companhia está decepcionada pela decisão e que está fazendo o possível para restaurar sua reputação. A AWB está sendo investigada na Austrália por sua participação no programa Petróleo por Comida, sob o qual a empresa ganhou vários contratos de exportação de trigo ao Iraque mediante o suposto pagamento de subornos.O programa, criado para que o Iraque pudesse superar o embargo comercial imposto após a invasão do Kuwait e vender petróleo para investir a receita na compra de alimentos, foi aplicado entre 1996 e 2003 e acabou sendo utilizado para subornar Saddam.A Austrália se transformou no principal fornecedor de trigo do Iraque com pedidos estimados em US$ 600 milhões após a Guerra do Golfo, e a AWB exportou 650.000 toneladas de trigo ao país no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.