Iraquianos assumem o poder em junho, diz administrador

O administrador norte-americano no Iraque, Paul Bremer, assegurou neste domingo que os Estados Unidos vão manter seu compromisso de entregar o poder para os iraquiamos em 30 de junho. Em entrevista às redes de TV ABC e CNN, Bremer revelou ainda que os americanos ficarão no país por um tempo prolongado, mas não entrou em detalhes sobre o assunto. Ele também ressaltou que os EUA estão abertos a idéias sobre a transferência de poder no Iraque.Horas antes, um comboio de soldados americanos foi atacado em uma estrada nos arredores de Bagdá. A patrulha escapou de uma explosão e imediatamente os soldados abriram fogo, matando um iraquiano e ferindo outros três, segundo informaram fontes de um hospital.Também neste domingo, a polícia iraquiana prendeu Muhammad Zimam Abdul al-Razzaq al-Sadun, o número 41 da lista dos iraquianos mais procurados pelo Exército dos EUA. Razaq, um alto dirigente do Partido Baath que controlava as cidades de Mossul e Tamim, no norte do país, foi o 45º capturado do baralho de 55 nomes criado por Washington. Ele era o 4 de espadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.