Iraquianos atacam veículo militar dos EUA e ferem repórter

Insurgentes lançaram uma granada propelida por foguete contra um veículo militar dos EUA na insubmissa cidade de Faluja, ferindo um repórter da NBC que acompanhava a ?Operação Serpente do Deserto?, disse o comando militar americano nesta segunda-feira. Três civis iraquianos morreram quando sua caminhonete pickup se chocou contra um veículo que retirava o repórter ferido.O incidente ocorreu no segundo dia da maciça ofensiva lançada contra os rebeldes iraquianos, que deteve pelo menos 60 suspeitos durante as 20 buscas realizadas no Iraque central. A Operação Serpente do Deserto destina-se a a capturar elementos fiéis a Saddam Husssein e pôr fim a uma onda de ataques contra soldados americanos. A granada lançada por foguete atingiu um Avenger, pesado veículo da defesa aérea equipado com lançador de mísseis, feriu o jornalista mas não causou danos nos soldados, disse um comunicado do Comando Central.O sargento Patrick Compton, porta-voz militar em Bagdá, disse que o repórter trabalha para a NBC News, mas não quis dar seu nome. A vítima foi conduzida a um hospital de campanha e seu estado foi considerado estável, informou o Comando.Dois dos três ocupantes iraquianos da pickup morreram instantaneamente após o choque, acrescentou ainda o Comando. O terceiro morreu mais tarde devido aos ferimentos. Nenhum dos soldados da Terceira Divisão de Infantaria do Exército que ocupavam o Avenger ficou ferido. Compton disse não saber dizer se os iraquianos eram atacantes ou civis comuns. Mas um fotógrafo da Associated Presss que estava no hospital de Faluja falou com um homem, Zoheir Ali, que disse que uma das vítimas fatais era seu genro, Qahtan Hashem, o qual levava dois vizinhos - um filho e seu pai doente - ao hospital local e se apressava para chegar antes do toque de recolher.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.