Iraquianos culpam americanos pela instabilidade no país

Os moradores de Bagdá culpam terroristas estrangeiros, ou Saddam Hussein, ou seguidores de Saddam unidos à Al-Qaeda, pela explosão de terça-feira no hotel que servia de base para a ONU na cidade. Mas todos concordam em um ponto: a força de ocupação americana é culpada pela instabilidade no Iraque. ?Este é o novo Iraque para vocês?, disse um morador que lamentava a morte do primo, um motorista que prestava serviços à ONU e também foi vítima da explosão. ?Nós nos livramos de Saddam, agora temos Bush?, disse outro parente de vítima, irritado. ?Saddam tinha mais misericórdia?. Então, apontando para um jornalista, gritou: ?São estrangeiros, não ouse dizer que foi o pessoal de Saddam? que cometeu o atentado.A explosão deixou pelo menos 20 mortos, incluindo o chefe da missão da INU no Iraque, Sérgio Vieira de Mello, e mais de 100 feridos. Segundo Ahmed Chalabi, membro do Conselho Governante do Iraque, nomeado pelos EUA, ainda há corpos nos escombros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.