Iraquianos fazem greve de fome contra falta de energia

Manifestantes iraquianos dizem que farão uma greve de fome de 48 horas para protestar contra os blecautes que continuamente atingem o país. Com uma bandeira iraquiana e retratos do líder xiita Muqtada al-Sadr, os ativistas fizeram um comício do lado de fora do prédio do Ministério da Eletricidade. "Pedimos ao ministério que encontre uma solução real e rápida para esse grave problema que afeta negativamente nossas vidas", disse Jabar Hussein.Ele disse que 18 manifestantes - cada um representando uma província do Iraque - ficarão em greve de fome diante do ministério. Autoridades dos EUA e do governo provisório iraquiano atribuem os blecautes à sabotagem praticada por rebeldes. Os manifestantes dizem que a falta de energia vem se agravando desde a chegada dos soldados americanos ao país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.