Iraquianos lutam contra coalizão em Basra e Najaf

Enquanto forças britânicas enfrentam mais de 1.000 fiéis apoiadores de Saddam Hussein na cidade de Basra, no sul do Iraque, o 7º Regimento de Cavalaria dos Estados Unidos confronta uma batalha encarniçada nas proximidades de Najaf, no centro do Iraque. O nível inesperado da resistência por parte de milicianos e as fortes tempestades de areia continuam atrasando as tropas que deveriam se dirigir a Bagdá, onde o regime de Saddam deverá travar sua batalha final.As tempestades impediram a decolagem de dezenas de aeronaves da coalizão, cegaram um grande número de dispositivos eletrônicos, começavam a entupir os canos das armas e a causar defeitos em motores, refreando uma campanha militar planejada para ser de alta velocidade.Os Fedayen - que significa ?aqueles prontos a se sacrificar por Saddam? - são acusados de organizar armadilhas como disfarçarem-se de civis e fingir rendições para emboscar os invasores. Fontes da inteligência dizem que pode haver de 30.000 a 60.000 deles, com capítulos designados para cada província iraquiana.Um representante do Departamento de Defesa disse que os comandantes da coalizão estão surpresos com a capacidade do Fedayen, e outro, pela brutalidade deles ao forçar o Exército regular iraquiano a lutar. Autoridades acreditam que o grupo vem mostrando tenacidade e será um problema ainda maior em Bagdá que no sul. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.