Iraquianos procuram pilotos que teriam caído no rio Tigre

Centenas de iraquianos estão nas margens do rio Tigre, na região central de Bagdá, a procura de dois pilotos das forças anglo-americanas que teriam caído de pára-quedas na águas, após ejetarem seus assentos de um caça, atingido e derrubado. Os soldados iraquianos estão atirando a esmo nas águas do rio. Oficias americanos negam que qualquer avião tenha sido abatido. Um porta-voz do Ministério da Defesa da Grã-Bretanha também afirmou não existir informações de avião abatido em qualquer área da capital do Iraque.O rio está sendo patrulhado com pequenos botes. As buscas foram iniciadas logo após testumunhas afirmarem terem visto os pilotos descerem de pára-quedas no rio Tigre. Com a chegada as emissoras de televisão, centenas de iraquianos se uniram às patrulhas em busca dos pilotos.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.