Iraquianos protestam contra corrupção

Manifestantes iraquianos ocuparam ontem a Praça Tahrir, no centro de Bagdá, para protestar contra a corrupção, o desemprego, a falta de serviços básicos e o tratamento dado aos prisioneiros pelo governo. Muitas mulheres pediram ainda a libertação de filhos e maridos que aguardam investigação. Províncias xiitas ao sul de Bagdá também realizaram protestos, segundo a polícia. Desde fevereiro, uma série de manifestações foi realizada em todo país, aparentemente inspirada nas revoltas no Egito e na Tunísia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.