Iraquianos protestam contra o desemprego

Uma manifestação reuniu pelo menos 25 mil iraquianos nesta sexta-feira no bairro de cidade Sadr, em Bagdá, pedindo empregos e ajuda do governo. A manifestação reuniu principalmente xiitas e foi comandada por Ibrahim al-Jabiri, partidário do clérigo xiita Muqtada al Sadr.

AE, Agência Estado

16 Setembro 2011 | 16h39

"Queremos serviços, queremos empregos, queremos uma fatia da renda do petróleo, imediatamente", disse Ibrahim à multidão. Manifestações semelhantes ocorreram em Basra e Najaf, outras cidades do sul do Iraque de maioria xiita.

Em Basra e Najaf, os manifestantes também pediram a saída imediata das tropas norte-americanas do Iraque. "Fora, ocupantes", gritou a multidão.

As tropas dos Estados Unidos deverão se retirar totalmente do Iraque até dezembro deste ano. A Casa Branca informou recentemente que considera manter um contingente de 4 mil soldados no Iraque, após um pedido feito pelo presidente da região semiautônoma do Curdistão iraquiano, Massud Barzani.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.