Irlanda apóia em referendo expansão da UE para o leste

Os eleitores irlandeses apoiaram a expansão da União Européia (UE) para o leste no referendo em que cerca de 63% deles votaram pelo "sim" contra 37% pelo "não", num episódio que favorece a política de estender a União até as fronteiras da Rússia. Os resultados foram saudados pelos países da Europa Ocidental e Oriental, onde as autoridades temiam que um "não" no segundo referendo irlandês sobre o tema pudessse bloquear os planos de expansão da UE. No primeiro referendo, em 7 de junho de 2001, a Irlanda havia rejeitado a expansão européia por uma margem de 54% dos votos contra e 46% a favor e um comparecimento de apenas 35% dos eleitores, obrigando o primeiro-ministro irlandês, Bertie Ahern, a convocar uma segunda votação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.