Irlanda em cruzada contra bitucas de cigarro

O prefeito de Dublin, na Irlanda, Royston Brady, distribuiu entre os fumantes mais de 20.000 cinzeiros portáteis. Objetivo: manter as ruas da capital limpas das bitucas de cigarros. Durante a apresentação da campanha de conscientização "Bitucas Fora", o novo prefeito exortou os quase 300.000 fumantes dublinenses a "agir de forma responsável", ou a ater-se às conseqüências. Segundo dispõem as leis ambientais irlandesas, o fumante distraído que jogue um cigarro na rua pode ser multado no equivalente a US$ 125. Um tribunal pode, inclusive, elevar essa quantia a até US$ 1.900. De acordo com as autoridades, os cinzeiros serão vendidos ao preço recomendado de US$ 2, poderão ser levados no bolso ou preso ao cinto, e são fabricados com o mesmo material que os cinzeiros dos automóveis. Segundo Royston, "muitos dos quatro milhões de cigarros que se consomem todo dia" em Dublin acabam nas ruas, o que contribui em quase 35% do lixo que se recolhe na rua. A iniciativa da corporação dublinense é mais um passo na cruzada iniciada pelo governo do país contra o consumo de tabaco. A partir do próximo mês de janeiro, a Irlanda se converterá no primeiro país da União Européia que proíbe fumar nos lugares de trabalho, incluídos os tradicionais "pubs" e nos restaurantes, o que provocou as queixas dos empresários do setor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.