Irlanda: empréstimo cai a menor nível em mais de 8 anos

A quantidade de crédito hipotecário e ao consumidor disponível para as famílias irlandesas caiu para o menor nível desde julho de 2005, informou hoje o Banco Central da Irlanda, gerando questões sobre a força da recuperação econômica do país este ano.

AE, Agência Estado

31 de março de 2014 | 12h21

Os números do BC irlandês mostram que os empréstimos às famílias caíram em fevereiro para 106,6 bilhões de euros (US$ 146,6 bilhões), o menor nível em mais de oito anos e meio.

O governo irlandês saiu do programa de resgate de três anos com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) em dezembro e previa que este ano marcaria a chegada da recuperação econômica, com a retomada das vendas regulares de dívida.

Mas ainda não está claro se a recuperação econômica está a caminho. Dados oficiais de fevereiro mostram que o emprego cresceu no fim de 2013 no maior ritmo desde antes da crise de dívida em 2008, mas outros números mostraram, no início do mês, que a economia contraiu fortemente no quarto trimestre. Em 2013, a economia encolheu 0,3%, após ter crescido em 2011 e 2012.

O Ministério de Finanças e o banco central do país preveem que o Produto Interno Bruto (PIB) irlandês vai crescer cerca de 2% este ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.