Sean Gallup/EFE
Sean Gallup/EFE

Irlanda estima vacinar população contra a covid-19 até agosto de 2021

Estatística, porém, foi baseada em modelos que excluem pessoas com menos de 18 anos e mulheres grávidas, que não têm permissão para tomar a vacina Pfizer/BioNTech

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de dezembro de 2020 | 07h48

DUBLIN - A Irlanda poderá fornecer uma vacina contra a covid-19 até agosto de 2021 em um "cenário bastante positivo", um idoso oficial encarregado de lançar a vacina disse nesta terça-feira, 29. 

Embora seja impossível ser preciso, "um cenário bastante positivo que estaríamos olhando para o mês de agosto seria com mais de 2 milhões de doses de vacina chegando", disse o presidente da Força-Tarefa de Vacinas Covid-19 do governo, Brian MacCraith , durante entrevista à rádio RTE. 

“Se acontecer todas as coisas que estão nesse modelo em termos de datas de aprovação esperadas e calendários de entrega esperados, estaremos olhando para essa fase de estar muito perto ou a ponto de encerrar a vacinação de grande parte da população de Irlanda que quer receber vacinas ”, disse. 

MacCraith afirmou que isso foi baseado em modelos que excluem pessoas com menos de 18 anos e mulheres grávidas, que não têm permissão para tomar a vacina Pfizer/BioNTech, e no fato de que uma minoria da população provavelmente se recusará a vacinar. ]

A campanha de vacinação em massa contra a covid-19 começou no último domingo, 27, em diversos países da União Europeia. O bloco econômico já conta com doses para imunizar 450 milhões de habitantes em uma ação unificada.  A Irlanda deve administrar suas primeiras vacinas contra a covid-19 a partir desta terça-feira em quatro hospitais em todo o país. /Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.