AP
AP

Irmã de Al-Baghdadi, ex-líder do Estado Islâmico, é detida na Síria

Rasmiya Awad foi capturada em uma operação perto de Azaz, segundo uma fonte do governo turco

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2019 | 09h27

ISTAMBUL, TURQUIA - Uma irmã de Abu Bakr al-Baghdadi, o líder do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) que foi morto por tropas americanas no fim de outubro, foi detida no norte da Síria, segundo uma fonte do governo turco.

"A Turquia capturou a irmã de Abu Bakr al-Baghdadi em Azaz", norte da Síria, afirmou a fonte, que pediu anonimato. "Rasmiya Awad, nascida em 1954, foi capturada em uma operação perto de Azaz."

Para Entender

Equipe ultrassecreta do Exército americano fez cerco que matou líder do Estado Islâmico

Quantos homens participaram da ação de extração de Abu Bakr al-Baghdadi de seu abrigo é informação reservada

Rasmiya estava com o marido, a nora e cinco crianças. "Os três adultos estão sendo interrogados", disse a fonte. "O que averiguamos ajudará a Turquia e o restante da Europa em uma proteção mais eficiente contra terroristas."

A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou a detenção da irmã de Al-Baghdadi, seu marido, sua nora e cinco netos. "Outros quatro iraquianos também foram detidos", afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

A cidade de Azaz fica em uma região do noroeste da Síria sob controle turco desde 2016. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.