Irmã desmente viagem por piora de Fidel

Juanita Castro, irmã de Fidel e Raúl Castro, exilada em Miami desde 1964, desmentiu ontem rumores de que viajaria para Cuba em razão da piora no estado de saúde do líder máximo da revolução cubana. A notícia tinha sido dada pelo jornalista venezuelano Nelson Bocaranda. "Não me preparo para ir a Cuba, não conheço este senhor (Bocaranda) e acho irresponsável lançar rumores infundados", declarou.

O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.