Irmão de atirador diz sentir 'orgulho'

Transferido ontem para Paris, o irmão de Mohamed Merah disse que os ataques a uma escola judaica e a quatro militares são motivo de "orgulho". A informação é de fontes policiais que interrogam Abdelkader Merah, mais velho que o atirador. Explosivos foram encontrados com ele, que permanece detido. A mãe dos dois foi liberada. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.