Irmão de Chávez é nomeado presidente de companhia elétrica estatal

Antigo ocupante do cargo assumirá funções relativas à Unasul, segundo 'El Universal'

estadão.com.br

07 Setembro 2011 | 14h42

CARACAS - Argenis Chávez, irmão mais novo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi nomeado presidente da Corporação Elétrica Nacional (Corpoelec) do país, indica nesta quarta-feira, 7, o diário El Universal. O jornal cita o decreto presidencial 8.448 da Gazeta Oficial do governo como fonte da informação.

 

O órgão oficial do governo publicou nesta quarta que o vice-presidente venezuelano, Elias Jaua, "por delegação do presidente Hugo Chávez", nomeou Argenis presidente da companhia, vinculada ao Ministério de Energia Elétrica da Venezuela.

 

O irmão de Chávez substituirá Alí Rodríguez Araque no cargo. Araque ratificou o anúncio e explicou que a designação de Chávez obedece sua incorporação à secretaria-geral da União das Nações Sul-americanas (Unasul).

 

"Por decisão do presidente, devo me incorporar a outras atividades vinculadas à Unasul. Para poder dedicar mais tempo às funções (da Corpoelec) o presidente Chávez decidiu designar o engenheiro Argenis Chávez, um querido irmão, que participou ativamente e com muita energia os problemas que enfrentei como presidente da empresa", disse Araque.

 

O irmão de Chávez já havia sido nomeado Comissário Nacional para os Processos de Geração de Energia em 19 de maio deste ano.

Mais conteúdo sobre:
VenezuelaChávezAmérica Latina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.