Irmão de líder da Al-Qaeda, Al-Zawahri, é preso no Egito

Um irmão do líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahri, foi preso no Egito neste sábado, 17, informou um oficial de segurança. Segundo o oficial, Mohammed al-Zawahri, líder de um grupo ultraconservador conhecido como jihadistas salafistas, foi detido em um posto de controle na cidade de Giza, que é separada da capital Cairo pelo rio Nilo.

Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 12h09

Al-Zawahri é aliado do ex-presidente egípcio Mohammed Morsi, o islamita que foi derrubado do poder em 3 de julho. Conflitos entre simpatizantes de Morsi e forças de segurança deixaram pelo menos 173 mortos e 1.330 feridos em todo o Egito nas últimas 24 horas, segundo os números mais recentes do governo.

Uma coalizão liderada pela Irmandade Muçulmana, da qual Morsi é integrante, convocou uma semana de protestos, em desafio ao recente estado de emergência declarado por Cairo. Os islâmicos prometem não recuar até derrubarem o governo instalado pelos militares.

Conflitos continuam hoje perto de uma mesquita no centro do Cairo, onde centenas de seguidores de Morsi se refugiaram durante a madrugada. Há relatos de que ocorreram intensos tiroteios entre policiais e islâmicos que se encontram na mesquita. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Al-QaedaprisãoEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.