REUTERS/Thom Baur
REUTERS/Thom Baur

Irmão do autor de massacre na Flórida é detido por invadir escola em Parkland

Zachary Cruz desrespeitou proibição da polícia e foi detido dentro da escola Marjory Stoneman Douglas, onde Nikolas Cruz matou 17 pessoas em fevereiro; ele alegou que entrou no local para 'refletir sobre o ataque' e teve fiança decretada em US$ 25

O Estado de S.Paulo

20 Março 2018 | 13h40

MIAMI, EUA - Zachary Cruz, irmão de Nikolas Cruz, autor do massacre na escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, na Flórida, foi detido na segunda-feira por supostamente ter entrado no mesmo colégio, apesar de ter sido proibido pela polícia, segundo informações da imprensa local.

Ataque a tiros fecha escola em Maryland; atirador é morto

O escritório do Xerife do condado de Broward informou que as câmeras de segurança gravaram Zachary quando ele "atravessou todas as portas e entradas fechadas e circulou com seu patinete pelo interior da escola" de ensino médio, de acordo com canais de TV de Miami.

O irmão mais novo de Nikolas Cruz ficou detido na prisão do condado, acusado de transgressão, com uma fiança de US$ 25.

Zachary, de 18 anos, um a menos que seu irmão Nikolas, que deve responder na Justiça pela morte de 17 pessoas, disse que tinha entrado na escola "para refletir sobre o ataque a tiros" que ocorreu o dia 14 de fevereiro, segundo o escritório do Xerife.

Professor faz disparo de arma acidental em escola da Califórnia

Naquele dia, Nikolas Cruz, ex-aluno da escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, uma cidade residencial próxima a Fort Lauderdale, chegou em um Uber ao colégio com uma mala onde carregava um fuzil.

Uma vez no interior de um dos edifícios, começou a disparar indiscriminadamente, matando 17 pessoas, entre elas 14 alunos. O Estado da Flórida anunciou na semana passada que pedirá a pena de morte para Cruz. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.