Irmãos confessam ajuda ao terrorismo nos EUA

Dois irmãos confessaram-se culpados por ajudar terroristas nesta quinta-feira em Portland. Eles e mais cinco pessoas são acusados de conspirar para auxiliar a Al-Qaeda e o Taleban durante a guerra no Afeganistão. Ahmed Bilal, de 25 anos, e seu irmão Muhammed Bilal, de 23, se apresentaram à Justiça dos EUA e podem ser condenados a 14 anos de prisão. A acusação contra os irmãos menciona uma viagem que eles fizeram com outros quatro homens à China logo após os atentados de 11 de setembro de 2001, numa tentativa de chegar ao Afeganistão e se juntar ao Taleban para lutar contra os Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.