AP
AP

Irmãos Tsarnaev planejavam atacar Times Square, diz prefeito de NY

Bloomberg afirmou que os acusados do atentado em Boston carregavam 7 bombas no carro que roubaram

O Estado de S. Paulo,

25 de abril de 2013 | 15h18

NOVA YORK - Os irmãos Dzhokhar e Tarmelan Tsarnaev, acusados pelo atentado à Maratona de Boston, também planejavam atacar a cidade de Nova York, confirmou nesta quinta-feira, 25, o prefeito da cidade, Michael Bloomberg. Segundo autoridades locais e nacionais, eles realizariam o ataque na Times Square, importante avenida da cidade.

Bloomberg afirmou, citando declarações de Dzhokhar ao FBI, que a intenção dos irmãos ao roubarem um carro, após cometerem o ataque em Boston, era seguir para Nova York e explodir sete bombas. O plano não foi levado adiante porque eles se envolveram em um tiroteio com a polícia - no qual Tamerlan acabou morto.

Na quarta-feira, havia a suspeita de que os irmãos planejaram o ataque à Nova York. Senadores americanos informados do andamento da investigação disseram que Tamerlan tinha citado a cidade, segundo testemunhas, após roubar o carro em Boston. "Nós matamos um policial. Nós explodimos a maratona. E agora estamos indo para Nova York. Não mexa com a gente."

Viagem. O pai dos dois acusados disse que vai viajar para os Estados Unidos em breve para enterrar Tamerlan. "Estou indo para os EUA. Quero dizer que vou até lá para ver meu filho, para enterrar o mais velho. Não tenho nenhuma má intenção. Não planejo explodir nada", disse Anzor Tsarnaev a reportéres no Daguestão./  REUTERS

Assista ao vídeo, em inglês, da declaração da polícia de Nova York:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.