Irritado com vuvuzelas, homem destrói bar com carro na Itália

Antes de arremessar veículo, autor disparou para o ar ameaçando clientes.

BBC Brasil, BBC

27 de julho de 2010 | 05h27

Um homem disparou tiros e jogou seu carro de encontro a um bar na Itália, inconformado com o som de vuvuzelas que eram tocadas pelos frequentadores do estabelecimento, de acordo com a imprensa local.

O incidente ocorreu na noite de domingo na cidade de Pievebelvicino, região de Vicenza, no norte do país.

Irritado pelo barulho que vinha do bar Coco Bamboo, o homem de 51 anos de idade ameaçou os clientes dando tiros para o ar usando uma arma de caça.

O diáriol Il Giornale di Vicenza afirma que, na sequência, ele arremessou seu veículo pelo menos três vezes em direção ao bar, destruindo-o.

Ninguém ficou ferido já que os clientes conseguiram escapar a tempo, diz o jornal.

O homem de 51 anos fugiu da cena do incidente e deu entrada em um hospital, onde foi preso. O jornal diz que a polícia iniciou testes para estabelecer a sanidade do homem.

O correspondente da BBC em Milão Mark Duff diz que o incidente reabriu o debate sobre as vuvuzelas na Itália. A corneta típica dos torcedores de futebol sul-africanos dividiu opiniões durante a Copa 2010.

Muitos na África do Sul dizem que a vuvuzela é parte integrante da cultura futebolística do país, mas a corneta foi bastante criticada, por torcedores e participantes de outros países, por seu alto volume.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.