Isaac deve atingir o Golfo do México como furacão

A tempestade tropical Isaac ganhou força enquanto segue em direção ao Haiti e à República Dominicana, mas parece que não vai atingir os países com violência de furacão, como foi previsto anteriormente. Para o meteorologista Eric Blake, do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, é mais provável que Isaac torne-se um furacão na segunda-feira, quando deve entrar no Golfo do México.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2012 | 09h13

A última previsão para os próximos cinco dias mostra o caminho da tempestade desviando-se um pouco para o oeste, possivelmente atingindo a fronteira dos Estados norte-americanos de Alabama e Mississippi. Mas Blake ressaltou que a costa da Flórida, incluindo a cidade de Tampa, onde acontecerá a Convenção Nacional Republicana, ainda pode estar no caminho de Isaac.

No Haiti, o primeiro-ministro Laurent Lamothe pediu que as pessoas fiquem longe de rios, selem as janelas e fiquem calmas, dizendo que "pânico cria mais problemas". Na República Dominicana, autoridades começaram a retirar pessoas de áreas de risco. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.