Joseph Okanga/Reuters
Joseph Okanga/Reuters

Islamistas e polícia do Quênia se enfrentam após morte de clérigo

Quatro pessoas morreram nos confrontos e uma igreja do Exército da Salvação foi incendiada

O Estado de S. Paulo,

04 de outubro de 2013 | 12h57

MOMBAÇA - Homens armados mataram um clérigo radical islâmico em Mombaça, no Quênia, nesta sexta-feira, 4, e islamistas reagiram com violência. Quatro pessoas morreram e uma igreja do Exército da Salvação na cidade foi incendiada.

As quatro mortes ocorreram quando islamistas que protestavam contra a morte do clérigo Sheik Ibrahim Omar entraram em confronto com policiais. Segundo o coordenador da Cruz Vermelha no Quênia, Mwanaisha Hamisi, os quatro morreram baleados.

A polícia combate os protestos usando gás lacrimogêneo, afirmou uma testemunha à Reuters.

Seguidores de Omar afirmaram que ele era mais recente vítima de uma série de assassinatos promovidos pelas forças de segurança do país contra muçulmanos./ AP e REUTERS

 
Tudo o que sabemos sobre:
Quêniaislamistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.