Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Israel abre licitação para construir 690 casas na Cisjordânia

O governo de Israel abriu nesta segunda-feira umalicitação para a construção de 690 casas em dois assentamentos daCisjordânia, medida que foi denunciada pelo movimento "Paz Agora"por violar as promessas feitas aos Estados Unidos de interromper aconstrução nos territórios ocupados. A concorrência foi divulgada nesta segunda-feira pelo Ministério de Construção eHabitação de Israel, e inclui 342 residências no assentamento deBetar Ilit, no oeste de Belém, habitado por ultra-ortodoxos, eoutras 348 no de assentamento de Ma´aleh Adumim, no nordeste deJerusalém. Segundo o contrato, as terras serão arrendadas aos construtores eproprietários durante 98 anos. O movimento "Paz Agora" protestou contra a decisão de construirem território ocupado, que, segundo disse um de seus porta-vozes,viola a promessa feita pelo primeiro-ministro Ehud Olmert aopresidente George W. Bush. "O Governo de Olmert funciona evidentemente como um Governodireitista e viola a promessa de congelar toda a construção nosterritórios (ocupados)", lamentou o secretário-geral do movimento,Yariv Oppenhaimer. Segundo o porta-voz, o governo israelense deveria estar agorainvestindo seus recursos na reconstrução do norte de Israel, após orecente conflito de 34 dias com o grupo libanês Hezbollah, mas em vezdisso "prefere investir na Judéia e na Samaria", nomes bíblicospelos quais a Cisjordânia é conhecida em Israel. Diante dos protestos do movimento pacifista, o prefeito deMa´aleh Adumim, Beni Kashriel, declarou a um jornal local que não setrata de novas áreas residenciais, mas de completar algumas que jáestavam em construção e nas quais já vivem cerca de 1.400 pessoas. Ma´aleh Adumim e Betar Ilit são dois dos três grandes blocos deassentamentos que Israel pretende anexar em um futuro acordo de pazcom os palestinos. O terceiro é o de Ariel, junto à cidade palestinade Nablus. No primeiro deles, o maior de todos os assentamentos, residem31.615 colonos, enquanto as povoações de Betar Ilit e Ariel possuemmais de 20 mil moradores cada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.