Israel aceita liberar US$ 45 milhões para os palestinos

Autoridades israelenses concordaram em transferir cerca de US$ 45 milhões devidos aos palestinos, depois de suspender o pagamento na semana passada. O ministro do gabinete, Zeev Boim, disse que a transferência está em processo neste domingo. O governo de Israel havia congelado o repasse em protesto contra a vitória do grupo extremista Hamas nas eleições legislativas palestinas. A decisão agravou a crise financeira da Autoridade nacional Palestina (ANP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.