Israel acusa Irã de enviar dois navios de guerra ao Mediterrâneo

'Israel não vai ignorar provocações para sempre', diz chancelaria; Egito nega denúncia

ANDRÉ LACHINI, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 14h54

O ministério de Relações Exteriores de Israel acusou o Irã de mandar dois navios de guerra através do Canal de Suez rumo à Síria, no que chamou de um ato de "provocação".

 

"Nesta noite, dois navios de guerra iranianos devem passar pelo canal de Suez e o Mediterrâneo com destino à Síria, algo que não acontece há muitos anos", diz o comunicado assinado pelo chanceler Avigdor Lieberman.

 

"Para a minha decepção, a comunidade internacional não está mostrando o preparo para lidar com essas recorrentes provocações iranianas. A comunidade internacional precisa entender que Israel não vai ignorar estas provocações para sempre", completa nota.

 

As autoridades egípcias negaram que barcos de guerra iranianos tenham cruzado ou pedido autorização para atravessar o Canal de Suez. "Ninguém o cruzou, nem temos informações de que o Irã tenha pedido autorização para isso", disse o diretor de operações do canal Ahmed al-Manajli.

 

De acordo com al-Manajli, qualquer barco de guerra que pretenda atravessar o estreito precisa pedir autorização ao Exército egípcio. Os governos do Irã e da Síria ainda não se pronunciaram sobre o caso.

 

Com AP e Efe

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelIrãnavioMediterrâneo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.