Israel adia libertação de presos palestinos

Ao contrário do que havia prometido, o governo de Israel não vai libertar prisioneiros palestinos nesta sexta-feira. A informação foi anunciada por um porta-voz do Ministério da Defesa israelense. Aproximadamente cem presos foram selecionados para sair da prisão, em um gesto de boa vontade de Israel após negociações "produtivas" entre o primeiro-ministro Ariel Sharon e seu colega palestino Mahmud Abbas - também conhecido como Abu Mazen.O porta-voz não apresentou razões para o atraso, dizendo apenas que a libertação seria revista pelas autoridades israelenses durante o fim de semana. O relaxamento das restrições na entrada de palestinos em Israel vai começar, como planejado, na noite de sábado.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.