Israel admite problema técnico em míssil lançado em Gaza

Os primeiros resultados de uma investigação da Força Aérea israelense sobre a morte de dois civis palestinos na quarta-feira em um ataque em Khan Yunes, no sul da Faixa de Gaza, revelam que houve um problema técnico que fez com que o míssil não atingisse seu alvo. A edição eletrônica do jornal Yediot Aharonot informou hoje que a causa do problema no lançamento ainda é desconhecida.O projétil, que foi lançado por um avião não tripulado da Força Aérea israelense, tinha como alvo um veículo no qual viajava um membro do Hamas.O míssil se desviou cerca de 20 metros de seu alvo e caiu sobre a casa de uma família palestina, matando uma mulher grávida de sete meses e seu irmão e deixando várias pessoas feridas.O Exército israelense matou 37 palestinos nas últimas duassemanas, entre eles sete crianças e adolescentes, segundo informou hoje o Ministério da Saúde da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.