Israel afirma que estabeleceu relações diplomáticas com Butão

Acordo acontece após vários anos de contatos secretos entre os dois países

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2020 | 14h28

TEL AVIV - Israel estabeleceu relações diplomáticas neste sábado, 12, com o Butão, uma nação de maioria budista vizinha à Índia, disse o Ministério das Relações Exteriores de Israel.

As novas relações de Israel com a nação relativamente isolada do Himalaia não parecem estar relacionadas aos laços nascentes sob acordos patrocinados pelos EUA com países árabes e muçulmanos no Oriente Médio e na África.

O acordo segue vários anos de contatos secretos entre Israel e Butão com o objetivo de estabelecer relações, disse o Ministério das Relações Exteriores em um comunicado.

"O círculo de reconhecimento de Israel está crescendo e se expandindo. O estabelecimento de relações entre nós e o Reino do Butão servirá como outro marco no aprofundamento dos laços de Israel na Ásia", disse o chanceler israelense Gabi Ashkenazi.

O Butão tem laços diplomáticos completos com apenas 53 países, disse o Ministério das Relações Exteriores de Israel.

Uma cerimônia de assinatura foi realizada entre os embaixadores de Israel e do Butão na Índia neste sábado, disse o Ministério das Relações Exteriores. Os países concordaram em formular um plano de trabalho conjunto nas áreas de gestão da água, agricultura, saúde e outras áreas, acrescentou.

O primeiro-ministro israelense Binyamin Netanyahu saudou o acordo, acrescentando: "Estamos em contato com outros países que desejam se associar e estabelecer relações conosco."

A mudança ocorre dois dias depois que Israel e Marrocos concordaram em normalizar os laços em um acordo mediado com a ajuda dos EUA, tornando-o o quarto país árabe - depois dos Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Sudão - a suspender as hostilidades com Israel nos últimos quatro meses. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.