Israel agradece EUA por reforçar cooperação em segurança

O ministro de Defesa israelense, Ehud Barak, agradeceu o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por sua decisão de reforçar a cooperação militar e de segurança com o Estado judeu, informou o gabinete neste sábado. "O senhor Barak saúda a decisão do presidente Obama de assinar uma lei reforçando a cooperação em assuntos de defesa entre a América e Israel, incluindo a decisão de conceder um adicional de US$ 70 milhões em ajuda ao projeto Cúpula de Aço", revelou um comunicado.

AE, Agência Estado

28 de julho de 2012 | 18h27

"Essa nova lei...é uma nova expressão do contínuo suporte da administração de Obama e do Congresso dos EUA para segurança do Estado de Israel", declarou o gabinete. Na sexta-feira, Obama promulgou uma lei cercado no Salão Oval por representantes do lobby pró-Israel AIPAC e parlamentares americanos. Segundo o presidente americano, a lei - que concede ao Estado judeu acesso preferencial às armas e munições dos Estados Unidos, "salienta nosso compromisso inabalável com a segurança de Israel." As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUAIsraelObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.