Israel alerta sobre acordo nuclear com o Irã

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o Irã continua "não arrependido" e "sem reformas", alertando o Ocidente a não apressar um acordo com o país sobre o programa nuclear iraniano. O prazo para as negociações é 24 de novembro.

Estadão Conteúdo

10 Novembro 2014 | 20h03

Netanyahu disse nesta segunda-feira que vai enviar uma carta aos líderes mundiais alertando-os sobre a conduta do Irã. O líder israelense afirmou que o Irã continua a incentivar a aniquilação de Israel e não pode ter permissão para se tornar uma potência nuclear. "Não se apressem em um acordo que pode permitir a corrida do Irã para uma bomba", declarou.

O secretário de Estado americano, John Kerry, se reuniu com o ministro de Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, pelo segundo dia seguido, em Omã. Não há sinais de um avanço iminente nas negociações. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IsraelIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.