Israel alivia bloqueio a Ramallah

O exército israelense começou nesta terça-feira a aliviar o bloqueio imposto a cidade autônoma palestina de Ramallah e permitir a entrada e saída de carros, segundo informou hoje a emissora de rádio das Forças Armadas israelenses. Apesar do desbloqueio, oficiais militares ainda controlarão os veículos, depois das denúncias anônimas de possíveis ataques terroristas na cidade. O bloqueio ordenado pelo governo israelenses a Ramallah e a outras cidades da Cisjordânia foi imposto no domingo passado, e provocou a ira de líderes palestinos. A decisão é tomada horas antes da visita de um delegado da União Européia ao primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon.Fontes palestinas desmentiram versões divulgadas pelo exército israelense segundo as quais os bloqueios a Tulkarem, Hebrón, Belém e Kalkilia já haviam sido levantados. Mais tarde, o exército anunciou que os desbloqueios estavam acontecendo de forma ?gradual?.Em represália ao bloqueio imposto a Ramallah, a maior facção da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Fatah, do líder palestino Yasser Arafat, advertiu que a luta contra a ocupação israelense se intensificará. Um dos líderes da Fatah disse, em entrevista a uma rádio, que sua organização concentrará suas represálias especialmente contra colonos judeus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.