Israel anuncia libertação de 227 prisioneiros palestinos

Israel deve libertar 227 prisioneiros palestinos nas próximas horas. A decisão é um gesto de boa vontade com o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, apoiado pelo Ocidente. Os detentos seriam soltos na semana passada, para o Eid ul-Adha (festival muçulmano que marca o fim da peregrinação a Meca). Mas, segundo Israel, as autoridades palestinas pediram que o ato fosse adiado até que Abbas retornasse de Meca para cumprimentá-los pessoalmente. Um assessor de Abbas negou que o presidente tenha feito tal pedido.Todos os prisioneiros pertencem ao movimento Fatah, do presidente Mahmoud Abbas. Israel mantém negociações de paz com Abbas e seu governo na Cisjordânia enquanto se mantém afastado da facção rival Hamas, dentro da Faixa de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.