Israel aprova 900 casas em Jerusalém Oriental

O Ministério do Interior israelense aprovou ontem a construção de 900 novas casas em Jerusalém Oriental, território ocupado por Israel na Guerra dos Seis Dias, em 1967. "É um programa que foi aprovado pelo comitê regional há dois anos", justificou Efrat Orbach, porta-voz do ministério. As construções ampliarão a colônia de Har Homa, perto da cidade palestina de Belém, na Cisjordânia. Os palestinos retiraram-se das negociações em setembro quando Israel retomou as construções nas colônias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.