Israel aprova construção de casas em Hebron

Israel concedeu sua aprovação final para a construção de novas casas permanentes em um assentamento judeu no centro da cidade palestina de Hebron, na Cisjordânia, informaram hoje autoridades israelenses.Segundo o líder dos colonos judeus em Hebron, Noam Arnon, 18 casas deverão ser construídas no bairro conhecido como Tel Romeida. Hebron é uma cidade dividida, com tropas israelenses controlando 20% de sua área na região central, onde habitam apenas 450 judeus. O número de moradores palestinos é de 130.000.Funcionários palestinos não comentaram imediatamente a decisão, mas vários habitantes árabes da cidade tentam bloquear as construções em tribunais israelenses. A decisão foi tomada no ano passado, mas veio a público apenas nesta semana, depois que jornais israelenses publicaram a decisão, juntamente com críticas de membros de esquerda do Parlamento. Um comunicado do Ministério da Defesa afirma que as casas substituirão residências móveis. "Isto é apenas por motivo de segurança", afirma o comunicado.Tel Romeida, aberta em 1987, é uma das várias colônias incravadas na cidade bíblica. Hebron é considerada tanto por judeus como por muçulmanos como casa de seus patriarcas e vem sendo cenário de vários ataques mortais nos últimos anos. Em 1994, um colono judeu atirou e matou 29 islâmicos em uma mesquita da cidade.

Agencia Estado,

18 de abril de 2002 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.