Israel ataca alvos da Jihad Islâmica em Gaza

Helicópteros de combate israelenses atacaram três alvos da Jihad Islâmica na Faixa de Gaza, ao mesmo tempo em que palestinos regressavam ao campo de refugiados de Rafa para verificar o que havia sobrado das dezenas de casas destruídas por Israel durante um confronto. Os helicópteros israelenses dispararam nove mísseis contra objetivos da Cidade de Gaza e Rafa, ao sul, ferindo levemente quatro transeuntes. Os projéteis atingiram dois prédios vazios da Cidade de Gaza que abrigavam escritórios relacionados à Jihad Islâmica, informou o grupo miliciano islâmico. Em Rafa, um míssil caiu na casa de um líder dessa organização, que não se encontrava no local no momento do ataque. Também em Rafa, o Exército do Estado judeu desalojou o campo de refugiados local. A agência da ONU que fornece assistência humanitária aos palestinos descreveu o cenário como de destruição. "Ao ingressarmos no campo de Rafa esta manhã, encontramos 88 casas demolidas que abrigavam 206 famílias. Isto afeta 1.064 pessoas", afirmou Paul MacCann, porta-voz da agência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.