Israel ataca prédio da autoridade palestina

Helicópteros militares israelenses dispararam vários mísseis contra um edifício da Autoridade Nacional Palestina na Cidade de Gaza, principal cidade de um dos territórios palestinos ocupados por Israel. Segundo testemunhas, um guarda de segurança foi morto e outras cinco pessoas ficaram feridas. No ataque foram usados dois helicópteros, que dispararam pelo menos três mísseis contra o prédio, onde funciona o Ministério de Assuntos Locais da Autoridade Nacional Palestina. Na aldeia de Tufah, perto de Hebron, no território palestino ocupado da Cisjordânia, soldados israelenses mataram num tiroteio dois suspeitos de pertencerem a grupos islâmicos radicais. Dois escritórios que eram usados para a coordenação de atividades de segurança entre a Autoridade Palestina e o governo de Israel foram fechados por tropas israelenses. Em Ramallah, um porta-voz do Exército de Israel disse que o escritório local foi fechado porque já não existe nenhuma coordenação entre as forças policiais das duas partes e porque quaisquer palestinos armados representam uma ameaça a Israel. Grandes Acontecimentos InternacionaisESPECIAL ORIENTE MÉDIO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.