Israel ataca Q.G. de Arafat na Cisjordânia

Helicópteros israelenses dispararam mísseis contra uma área próxima ao quartel-general do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, em Ramallah, na Cisjordânia, dando continuidade aos bombardeios em represália aos três atentados suicidas que causaram 28 mortes no fim de semana, em Israel. Na ação desta manhã, três mísseis atingiram áreas próximas ao escritório de Arafat, de acordo com testemunhas. Autoridades palestinas fugiram em pânico da região.As agências internacionais não conseguiram confirmar se Arafat estava no prédio no momento dos ataques. Ontem, Israel disparou nove mísseis contra os arredores do quartel-general de Arafat em Gaza e também bombardeou edifícios na cidade de Jenin, no norte da Cisjordânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.