Israel bombardeia Faixa de Gaza e deixa um morto

Israel lançou um ataque aéreo contra a Faixa de Gaza ao anoitecer desta quinta-feira (horário local), matando pelo menos uma pessoa e ferindo várias outras, informou o grupo Hamas, que controla o território palestino. Os militares de Israel disseram que bombardearam "alvos terroristas".

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 16h03

Os aviões israelenses "alvejaram elementos terroristas no sul da Faixa de Gaza. Disparos diretos foram confirmados", disse o comunicado israelense. Os militares "não tolerarão qualquer tentativa de atingir civis israelenses, ou soldados, e continuarão a responder de maneira dura ao terror", afirma outro trecho. Israel responsabilizou o Hamas pela violência.

Mais cedo nesta quinta-feira, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou que seu país não toleraria ataques de foguetes contra seus cidadãos e alertou o Hamas a não testar sua paciência.

Na noite de ontem, um foguete foi disparado a partir da Faixa de Gaza e atingiu a cidade israelense de Bersheva, que fica a 30 quilômetros do território palestino. O foguete danificou uma propriedade, mas não feriu ninguém. O bombardeio, hoje, foi uma retaliação. Nenhum grupo palestino assumiu a responsabilidade pelo disparo. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Faixa de GazaIsraelbombardeio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.