REUTERS/Amir Cohen
REUTERS/Amir Cohen

Israel bombardeia Gaza em resposta a lançamento de mísseis

Explosões foram ouvidas no norte do território e no oeste de Gaza; palestinos anunciam cessar-fogo

O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2018 | 03h43
Atualizado 27 de outubro de 2018 | 15h26

GAZA - Aviões de combate de Israel iniciaram um bombardeio em vários pontos de Gaza em resposta ao lançamento de pelo menos 14 mísseis do enclave palestino contra o território israelense, informaram testemunhas e fontes militares.

Explosões foram ouvidas pouco depois da meia-noite (horário local, 18h em Brasília) no norte do território e no oeste de Gaza, segundo fontes de segurança no enclave palestino. Não há relatos sobre vítimas em nenhum dos lados.

O Exército israelense confirmou em comunicado que "aviões de combate e helicópteros começaram a atacar alvos terroristas na Faixa de Gaza", sem informar mais detalhes.

Os bombardeios acontecem após palestinos lançarem diversos mísseis em direção a Israel, onde foram ativados os alarmes da defesa antiaérea em várias localidades. O alerta motivou milhares de civis a correrem para os refúgios. De acordo com um comunicado emitido por um porta-voz palestino, a liderança do Movimento da Jihad Islâmica na Palestina anunciou um cessar-fogo, graças à mediação de autoridades do Egito. Já o porta-voz das forças militares de Israel não comentou se a trégua foi aceita.

O Exército israelense confirmou que foram contados 14 lançamentos, dos quais o sistema de defesa, conhecido como Cúpula de Ferro, interceptou oito projéteis. O governo israelense acusou a Síria, com o apoio do Irã. de ordenar o ataque palestino. 

Na noite de quarta-feira, 24, milicianos lançaram um míssil contra Israel, ato que foi respondido na madrugada de quinta-feira, 25, com o bombardeio israelense a alvos militares em Gaza.

Dias antes, dois projéteis foram lançados de Gaza. Um deles destroçou uma casa habitada por uma mulher e três crianças, que se salvaram após se refugiarem a tempo no refúgio antiaéreo que quase todas as casas do país têm. O outro caiu no mar, no litoral sul de Tel Aviv. //EFE, REUTERS e AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Israel [Ásia]Faixa de Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.