Israel completa 80% da retirada do território libanês ocupado

O Exército israelense já deixou mais de 80% do território libanês que controlava ao fim do conflito com a milícia do Hezbollah, em 14 de agosto, informaram nesta segunda-feira fontes militares.O chefe das Forças Armadas, general Dan Halutz, anunciou na semana passada que as últimas unidades voltariam a suas bases em Israel antes da última sexta-feira, quando começaram os festejos do novo ano hebraico. No entanto, a ordem foi adiada devido a problemas de último momento no cumprimento das condições do cessar-fogo organizado pelo Conselho de Segurança da ONU.Representantes do Exército israelense agendaram uma reunião para a próxima terça-feira com o comandante das forças da ONU (Finul), general Alain Pellegrini, para resolver esses problemas. Segundo as fontes militares israelenses, a evacuação dos efetivos do Líbano pode estar completa antes do fim desta semana.De acordo com a resolução 1.701 do Conselho de Segurança, que suspendeu o conflito de 34 dias entre Israel e o Hisbolá, 15 mil soldados da Finul e otros 15 mil do Exército libanês devem tomar o controle dos territórios ocupados pelo Exército israelense no sul do Líbano e ao longo da fronteira internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.