Israel completa retirada do sul do Líbano nos próximos dias

O ministro da Defesa de Israel, Amir Peretz, anunciou nesta terça-feira que o Exército israelense abandonará completamente o sul do Líbano no próximo fim de semana ou no inícioda semana que vem. Numa reunião da Comissão Parlamentar para Assuntos de Defesa e de Assuntos Exteriores, em Jerusalém, Peretz afirmou que as tropas israelenses abandonarão o país vizinho mesmo sem chegar a um acordo sobre a autoridade das forças da ONU para abrir fogo. O ministro explicou que a razão da demora para a retirada das tropas israelenses é a falta de um acordo sobre a capacidade da Força de Interposição das Nações Unidas no Líbano (Finul) para atirar contra possíveis alvos que ameacem o cessar-fogo. No sábado passado, soldados do Exército libanês tomaram posições ao longo da fronteira, ao sul de Nakura. As tropas regulares libanesas foram acompanhadas por membros da força multinacional. OExército israelense se retirou da região pouco depois. Peretz revelou à Comissão Parlamentar que "durante as duas últimas semanas, 10 atacantes suicidas foram interceptados em diferentes fases do planejamento de atentados em Samaria e na Judéia(Cisjordânia)".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.