Israel confirma morte de soldado 'sequestrado'

Uma investigação militar de Israel concluiu que o tenente Goldin morreu em batalha na sexta-feira

AE, Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2014 | 07h46

Um soldado israelense supostamente sequestrado por militantes do Hamas morreu em combate, de acordo com o serviço militar de Israel. Uma operação de busca foi iniciada depois que o tenente Hadar Goldin desapareceu apenas 90 minutos após o início do cessar-fogo de três dias.

Israel afirmou inicialmente que o soldado foi sequestrado por militantes do Hamas durante uma operação na Faixa de Gaza, alegação que o grupo islâmico nega. Mas uma investigação militar de Israel concluiu que o tenente Goldin morreu em batalha na sexta-feira.

O anúncio do Exército sobre a morte do oficial não trazia detalhes de como o tenente Goldin foi morto ou se seu corpo tinha sido recuperado. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelSoldado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.