Israel construirá imóveis na Cisjordânia e Jerusalém

Israel convidou construtoras neste domingo para construir 1,700 mil unidades habitacionais na Cisjordânia e Jerusalém, irritando palestinos dois dias antes da chegada do secretário dos Estados Unidos, John Kerry, para conversas de paz.

TEL AVIV, 03 (AE), Agência Estado

03 de novembro de 2013 | 20h44

A chegada de Kerry está prevista para a terça-feira em meio a uma crise sobre a expansão de assentamentos judaicos em territórios reivindicados pelos palestinos como parte do futuro Estado.

A proposta atual de construção consiste em 700 novas unidades em Jerusalém Oriental e mais 1,030 mil na Cisjordânia, segundo informações do Ministério da Habitação israelense. Fonte: Dow Jones Newswire.

Mais conteúdo sobre:
Israelhabitação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.