Israel defende coalizão ampla para lidar com ameaças

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse neste domingo que buscará uma ampla e estável coalizão para lidar com as ambições nucleares do Irã e a possível transferência de armas da Síria.

STEFÂNIA AKEL, Agência Estado

27 de janeiro de 2013 | 14h37

"A região inteira está sob ameaça e devemos estar preparados, fortes e determinados para qualquer acontecimento", disse ele à sua equipe antes de uma reunião semanal. "É por isso que tentarei ao máximo formar um governo amplo e estável para lidar com todas as ameaças significativas enfrentadas por Israel." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelameaçascoalizãoIrãnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.